Carro alienado: tudo o que você deve saber sobre esta modalidade

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

Pessoas lendo contrato de financiamento.

Continua depois da publicidade

O banco é o proprietário do veículo enquanto as parcelas do financiamento permanecem em aberto

Uma opção bastante popular para a compra de um veículo é o financiamento. O que muitas pessoas não sabem é que há uma modalidade de financiamento que barateia ainda mais o valor do carro. 

Essa modalidade é o contrato de carro alienado, que ocorre quando um comprador financia um veículo por meio de banco ou instituição financeira, escolhendo o próprio veículo como garantia de pagamento da dívida.

Ao alienar seu carro, você está dando uma garantia que a dívida será paga. Por isso, a instituição financeira terá mais segurança para oferecer condições de pagamento mais vantajosas, reduzindo o valor do financiamento. 

A grande vantagem da alienação fiduciária é mostrar que você será um bom pagador, o que vai te dar mais possibilidades de negociação e flexibilidade. É importante que as parcelas sejam pagas em dia, caso contrário, o banco pode tomar o seu veículo. 

Dianteira de um carro novo

Posso vender um carro alienado?

Caso você esteja pensando em vender um carro alienado, há alguns detalhes que devem ser levados em consideração. O ideal é que todas as parcelas sejam pagas antes da venda, para desalienar o veículo. 

Mesmo que você queira vender o veículo, o contrato de alienação fiduciária permanece ativo. Em outras palavras, você ainda possui uma dívida ativa com a instituição financeira. Para se livrar dessa dívida há duas soluções: 

  1. Pagar todas as parcelas e quitar o financiamento; 
  2. Encontrar um novo comprador disposto a assumir a dívida e que queira pagar tudo ou assumir as próximas parcelas. 

Nessa última opção, é necessário que a transferência seja aprovada pelo banco ou financeira credora. Esse acordo se trata de uma assunção de dívida, e você pode saber mais sobre o assunto aqui. 

Caso encontre um novo comprador disposto a assumir a dívida, entre em contato com o banco ou financeira para saber se a transferência do financiamento do seu veículo está liberada e quais são os próximos passos.

O mais esperado é que o novo comprador tenha que passar por uma análise de crédito, como se estivesse adquirindo um novo veículo.

Como saber se um carro está alienado?

Para descobrir se o veículo que deseja comprar é um carro financiado, você vai precisar da placa do carro e do número do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores). Essas informações podem ser encontradas no documento do automóvel.

 Leia também:  11 dicas para economizar no seguro de carro

Com essas informações em mãos, entre no site do Detran da sua cidade. Clique na aba “Veículos” e depois em “Pesquisar débitos e restrições em veículos”. Então é só inserir a placa e o número do Renavam. 

Essa checagem vai te poupar muitas dores de cabeça no futuro, já que vai informar se o veículo está envolvido em outras dívidas que o atual proprietário omitiu, como multas ou impostos em atraso, por exemplo. 

Contudo, você não terá acesso ao valor das parcelas restantes. Para saber isso, entre em contato com a instituição que fez o empréstimo. É uma maneira de facilitar seu planejamento antes de finalizar a compra.  

Posso comprar um carro alienado?

Caso você esteja pensando em comprar um carro alienado, é preciso tomar alguns cuidados. Primeiro, é preciso ter uma noção do seu orçamento e ver se você será capaz de assumir essa dívida. 

Para fazer uma escolha responsável, é importante saber o tamanho real da dívida. O ideal seria que o vendedor do carro quitasse as parcelas restantes para desalienar o carro, contudo sabemos que às vezes isso não é possível. 

Por isso, antes de assumir a dívida é importante saber seu valor real. Isso implica não só em saber o valor do financiamento, mas também se o carro possui mais dívidas. Por isso, verifique se o IPVA está em dia e se não há multas em aberto. 

Para isso, peça um comprovante do valor que foi pago até o momento e tente confirmar as informações com a empresa credora. O contrato de compra e venda do carro alienado é indispensável para a segurança do vendedor e do comprador.

 Saiba mais sobre: Diferenças entre empréstimo, leasing e financiamento

Para comprar o carro alienado mais rápido, prefira negociar a quitação do financiamento com o vendedor. Ou seja, negocie com ele o pagamento das parcelas restantes do carro. E quando ele estiver desalienado, façam a transferência da documentação para o seu nome.

Entenda a diferença entre as operações de crédito (empréstimo, financiamento e leasing) na tabela do Banco Central – BC:

Crédito da imagem: Banco Central do Brasil

Agora você já sabe o que é um carro alienado e suas vantagens e desvantagens. Que tal se planejar para comprar seu primeiro veículo? 

Um empréstimo pessoal pode facilitar e acelerar a compra de um carro usado. O Bom Pra Crédito foi criado  para facilitar o acesso à crédito, por meio da intermediação entre mais de 30 instituições financeiras parceiras e o consumidor. 

Você pode dar uma olhada no site para conferir as opções de financiamento pessoal existentes para comprar seu primeiro carro.