Como cobrar um cliente, dicas para ter empatia e evitar problemas

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

executivo sentado a uma mesa de frente para um laptop dentro de um estabelecimento comercial

Continua depois da publicidade

Cobrar pode ser uma tarefa complicada se você não tiver empatia com o cliente e não seguir algumas dicas básicas para fazer a negociação 

Cobrar uma dívida é uma parte do seu negócio que deve envolver muita delicadeza e empatia. Por isso, uma abordagem amigável e eficiente é importante. Veja a seguir dicas de como cobrar um cliente

Empatia: o que é

Logo na introdução falamos que, como cobrar um cliente é uma situação delicada, uma cobrança deve envolver muita empatia. Mas o que essa palavra significa exatamente? 

Empatia é a capacidade de você sentir o que uma outra pessoa sente caso estivesse na mesma situação dela. Ou seja, experimentar racionalmente o que o outro sente com o objetivo de tentar entender sentimentos e emoções.

A empatia também é tratar os outros como eles gostariam de ser tratados. Lembre-se: o que você acha que o seu cliente quer, talvez não seja o que ele realmente queira. 

É essencial falar que ser empático não é concordar com tudo. Você não precisa ter a mesma opinião que o seu cliente para compreendê-lo. 

homem sorrindo falando ao telefone sentado em frente a um computador

Para aprender também: Renegociar dívidas, guia completo para você começar agora

Dicas para ter empatia com o seu cliente 

A primeira coisa que você, como negociador, deve fazer, é trazer a empatia para o seu ambiente de trabalho. 

Foque sua atenção em escutar

A empatia acontece quando ouvimos as perguntas do cliente com atenção, em vez de pensar nas possíveis respostas e defesas. Ouvir irá te ajudar a expandir sua própria opinião.

O importante é estar presente e ouvindo completamente o que o cliente está dizendo. O que o outro diz é importante para que a situação seja entendida totalmente e resolvida mais fácil e em conjunto.

Depois de ouvir, pergunte

Perguntar ao cliente sobre algumas coisas que ele falou mostra que você estava prestando atenção. Tente entender o estado emocional e os motivos por trás das respostas da outra pessoa.

Pergunte como alguém que quer ajudar o outro a resolver esses problemas de um jeito mais rápido. A curiosidade sobre o outro é um passo importante para expandir a sua empatia.

Confirme seu entendimento

Uma das melhores formas de confirmar as informações que te foram ditas, é falar do seu jeito o que o prospect comentou. Parafrasear o que o cliente disse demonstra que você ouviu e teve interesse naquilo.

Evite dar conselhos

Se o seu cliente precisar de um conselho, ele vai pedir. Isso porque ele precisa estar confortável para receber uma solução de você. Então, entender, se interessar e ouvir o problema com atenção já melhora o relacionamento interpessoal.

Como cobrar o seu cliente 

Agora vamos ao que interessa. A cobrança pode ser feita com base em algumas dicas super simples. Veja abaixo quais são elas:

Envie mensagem antes de ligar

Antes de ligar para falar sobre a dívida com o seu cliente, envie uma mensagem. Isso servirá de lembrete da existência da inadimplência. Muitas vezes você consegue o pagamento apenas com essa etapa.

Fale o que o cliente vai perder

Essa é uma das técnicas de cobrança mais inteligentes. Diga ao seu cliente o que ele vai perder caso não pague a dívida. Você pode falar sobre o “nome sujo” falar sobre as vantagens e descontos que ele não poderá mais usufruir.

Prepare-se

Ao entrar em contato com o devedor, tenha informações em mãos. Saiba todos os valores, informações e propostas que podem ser discutidas com o cliente. Isso passa seriedade e competência, aumentando as chances de sucesso.

dois homens de camisa conversam sendo um sentdo a uma mesa e o outro de pé com um tablet em mãos

Veja mais: Você sabe como limpar nome? Descubra como se livrar das dívidas.

Evite levar a cobrança para o lado pessoal

Muitas vezes os clientes acabam apelando para a emoção, contando uma história triste ou descontando raiva em você. Mas, por mais que a história seja comovente, você deve manter a postura, já que administrar um negócio não é brincadeira.

Faça descontos e promoções

Negocie com o seu cliente, assim ele vai pagar dívidas com desconto e vai ter a impressão de estar na vantagem. Faça promoções de pagamento, mas vincule-as a prazos de 1 ou duas semanas para efetuar o pagamento.

Mostre outras formas de pagamento

Muitos brasileiros estão apegados ao boleto como forma de pagamento principal e talvez o seu cliente desconheça outros meios. Então, de uma forma um pouco geral, explique para ele como pagar com cartão, pix (caso você aceitar) e outros jeitos.

Agora que você já sabe como cobrar um cliente com empatia, use as nossas dicas para evitar confusão na hora de se comunicar com o cliente. Com o que você leu neste artigo, é possível conseguir o dinheiro que seu negócio merece e precisa.

Gostou deste conteúdo? Para mais dicas relacionadas à finanças e ao seu próprio negócio, fique de olho no Blog do Bom Pra Crédito. As postagens são super interessantes. Confira! 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *