Como economizar com compras no mercado

Larissa Carvalho

| 3 minutos para ler

Continua depois da publicidade

Com o aumento dos preços e a alta da inflação, sentimos no bolso a necessidade de aprender a economizar com mercado. Está cada dia mais fácil extrapolar o orçamento com o preço das coisas, por isso, não dá para bobear na hora de escolher o que comprar.

Entender como comparar preços, dar prioridade a itens mais importantes e não exagerar são algumas táticas para conseguir economizar com compras no mercado.

Separamos algumas dicas para ajudar quem busca economia na hora de abastecer a despensa!

Leia também: 3 dicas para economizar com comida de forma simples

Quer economizar com compras no mercado? Fuja dos industrializados

O supermercado costuma oferecer uma infinidade de produtos industrializados, de diferentes tipos, sabores, texturas e para todos os gostos. 

No entanto, além de serem nocivos para a saúde, o preço desses produtos costumam ser muito altos quando comparados a frutas, legumes e verduras da estação, por exemplo. 

Sendo assim, dar prioridade ao hortifruti é uma das táticas que mais ajudam a economizar no mercado. Ou seja, além de serem mais saudáveis, ainda oferecem um preço mais acessível e justo.

Além do arroz, do feijão e do macarrão, que são alimentos “base”, procure escolher com muito filtro quais serão os industrializados que sua família não abre mão. 😬

Como economizar em alimentos: Compare preço e descubra o dia das promoções

A comparação de preços é uma forma interessante e eficiente na hora de economizar com comida. Vale mais a pena fazer hortifruti no mercado, ir ao sacolão ou na feira do bairro? 

Além disso, saber o dia das promoções do mercado que costuma fazer as compras pode ser mais uma ajuda na hora da economia.

Mas como comparar preços no mercado?

Para comparar preços no mercado é preciso ver a quantidade do produto oferecido e o valor por “quilo” final. Além disso, alguns produtos quando comprados no atacado ou em quantidade maior acabam saindo mais em conta.

No entanto, atenção: nem sempre comprar mais e pagar menos é sinal de economia. É importante avaliar se o item será consumido dentro do prazo de validade e sem desperdício.

Tenha uma lista e faça o cardápio semanal

Ter em mente os itens necessários para a semana evita que ao chegar no mercado haja algum tipo de distração e compras por impulso. 

Fazer o cardápio da semana ajuda a organizar na cabeça as possibilidades de refeição e ainda elencar o que será realmente necessário na hora da preparação.

Faça compras sob demanda

Ao optar pelas compras sob demanda, ou seja, comprar apenas o que precisa para a semana, é possível manter a economia em dia. 😜

Assim, a família pode fazer uma compra sem excessos, priorizando itens de maior necessidade. Ou seja, a chance de comprar itens não essenciais ou “a mais” diminui.

Dê prioridade

Na hora de escolher os itens, tenha em mente aqueles imprescindíveis para manter a alimentação da família balanceada. Ou seja, que saciem a fome e tenham uma função nutricional de qualidade. 

Dê prioridade para o que realmente não pode faltar e deixe os excessos e as “bobeiras” – que costumam encarecer as compras – de lado. 

Procure fazer compras sem fome: não exagere

Apesar de parecer uma tática esquisita, fazer compras com fome pode aumentar as chances de levar produtos por impulso com a intenção de saciar a fome momentânea. 

Sendo assim, para evitar a compra excessiva, procure ir ao mercado sem fome.

Dessa forma, a chance de exagerar na escolha dos itens possivelmente desnecessários é bem menor. 

Se levar as crianças, alinhe a lista de compras antes

É comum que as crianças acabem ficando perdidas com tantas opções no mercado. Sendo assim, alinhar a lista de compras junto com elas antes de ir ao mercado pode ajudar a equilibrar as expectativas e fazê-las entender o que é realmente necessário para o dia a dia.

Pode ser que gere alguma demanda extra, no entanto, conversar e mostrar desde cedo o quanto o preço das coisas influencia no bolso da família é uma ótima maneira de ensinar sobre educação financeira e sobre economia na hora da compra.

Leia também: Como economizar ganhando pouco: dicas de como poupar muito!

Com essas informações você poderá economizar com compras no mercado e escolher bem o que a família precisa para o dia a dia sem ultrapassar os limites.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *