5 dicas para economizar na conta de luz: confira!

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

economizar na conta de luz

Continua depois da publicidade

O verão chegou e junto com ele vem o que? Ar condicionado!! 😎 Não tem nada melhor quando tá aquele calorão, não é? Mas em tempos de bandeira vermelha, como fazer para economizar na conta de luz?

Em vigor desde agosto de 2021 e com prazo de ir até abril de 2022, a bandeira tarifária da conta de luz promete aumentar 6,78% do valor da conta de luz, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel.

Fora o fato de que estamos no meio de uma enorme crise hídrica, onde os reservatórios estão vazios, fazendo com que sejam necessárias outras alternativas de geração de energia elétrica mais caras.

Mas então, como podemos aproveitar o verão de maneira refrescante e não pagar uma fortuna por isso? Vamos te falar tudo agora!

Leia também: A conta de luz vai aumentar, e agora?

5 dicas para economizar na conta de luz

Por mais que as brigas dentro de casa sejam com quem deixa as luzes acesas, os maiores vilões da conta de luz são os aparelhos elétricos, como chuveiro, aquecedores e nosso tão amado ar condicionado. 💔

Isso se dá principalmente pelo fato de que são aparelhos de alta potência e, por conta disso, gastam mais energia em menor tempo.

No entanto, existem diversas ações que você pode tomar para tentar diminuir os gastos com a energia elétrica. Mas precisam ser feitas em conjunto, com toda a família, para que elas funcionem.

Quer saber quais são? A gente te fala agora!

1. Atenção às lâmpadas

A nossa primeira dica é uma das principais que você vai achar por aí quando se trata de economia de energia: trocar todas as suas lâmpadas pelas de LED.

Afinal, esse tipo de tecnologia chega a gastar até 80% menos que as lâmpadas convencionais, além de serem bem mais duráveis. E, mesmo que a gente tenha dito ali em cima que a iluminação não é a principal causa do valor da conta de luz alta, ela pode chegar a 20% dos seus gastos mensais.

Além disso, as lâmpadas de LED não possuem metais pesados na sua fabricação, sendo mais fáceis de descartar do que as fluorescentes.

A instalação de sensores de presença também podem ser muito úteis na economia de energia, já que você não vai correr o risco de deixar as lâmpadas ligadas mesmo que ninguém esteja utilizando.

E por último, faça o cálculo de quantas lâmpadas são necessárias para cada cômodo e não esqueça de utilizar aquelas que são compatíveis com a voltagem da sua concessionária.

Ahh, já anunciando a próxima dica: utilize mais a luz natural! 🌞

2. Aproveite a luz natural

Utilize suas janelas ao máximo, deixando-as sempre abertas para evitar de precisar acender as luzes.

Além das claraboias, tijolos de vidros e outros artifícios na hora de construir ou reformar, também auxiliam na economia. Assim como pintar as paredes com cores claras.

Mas o mais importante nesses casos é mesmo o hábito! Acostume-se a não acender as luzes sem necessidade e faça disso uma constante na família toda!

3. Observe o selo de eficiência dos eletrodomésticos

Diversos eletrodomésticos hoje em dia possuem um selo de eficiência do Procel. O Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica é um programa criado em 1985 pelo Governo Federal com o objetivo do uso racional de energia elétrica. 

Esse selo, encontrado principalmente em geladeiras ou fornos, possui classificações que vão de A a G e de cores que vão do verde ao vermelho. Sendo assim, o aparelho que possui um selo A, é o mais indicado por ter maior eficiência, por exemplo.

Os eletrodomésticos mais antigos não possuem esse selo e, por conta disso, podem gastar mais energia. Assim, o ideal é substituí-los por novos mais eficientes.

Outra opção é utilizar seus eletrodomésticos de maneira que sua energia possa ser mais aproveitada, da seguinte forma:

  • Ferro de passar: utilize menos vezes, acumulando as roupas para passá-las só de uma vez;
  • Geladeiras: não use esse eletrodoméstico para secar roupas, verifique sempre a vedação das borrachas de fechamento e faça sua instalação em local ventilado e longe do fogão;
  • Máquina de lavar roupas: espere juntar mais roupas, utilizá-la mais cheia e use menos sabão para evitar a necessidade de fazer um novo enxague.

4. Cuide da manutenção do ar condicionado

Ninguém quer passar o verão sem ar condicionado, não é mesmo? Então, faça bom uso desse aparelho tão amado! 🥰

Sendo assim, você pode fazer o seguinte:

  • Antes da instalação, confira o tamanho do cômodo para garantir que a potência do ar condicionado será suficiente;
  • Limpe sempre o filtro do seu aparelho;
  • Mantenha as portas e janelas bem fechadas para não escapar nada de ar;
  • Não instale seu aparelho em um local que pegue sol. Se não houver outro local, invista em uma boa cortina;
  • Prefira uma temperatura amena, entre 23ºC e 25ºC.

5. Dá pra economizar na conta de luz durante o banho!

Se você possui um chuveiro elétrico, sabe muito bem que ele é um dos grandes vilões na conta de luz.

Sendo assim, você pode utilizar os momentos onde você está passando sabonete no corpo ou xampu nos cabelos, para desligar o chuveiro. Dessa forma, você não deixa a água correr desnecessariamente, economizando os dois recursos de uma só vez!

Além disso, os banhos podem e devem ser mais curtos, bem como o ideal é priorizar os modos morno ou verão nos chuveiros.

Prefira também tomar banhos fora do horário de pico, que é das 18h às 21h, pois costumam consumir ainda mais energia nesses horários.

Leia também: Como diminuir gastos com contas fixas, como água, luz e internet

Está precisando de dinheiro para pagar suas contas? Aqui no Bom Pra Crédito você encontra! Você encontra várias opções de crédito, tudo em um só lugar!

Faça agora uma simulação e confira empréstimos com taxas a partir de 0,75% ao mês.

E fique por dentro de mais dicas como essa aqui no blog!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *