Como fazer empréstimo do saque aniversário, é possível?

Larissa Carvalho

| 6 minutos para ler

nota de cem reais embaixo de uma carteira marrom

Continua depois da publicidade

O saque-aniversário do FGTS permite que trabalhadores retirem uma vez por ano um valor de suas contas, tanto das inativas de empregos anteriores quanto das ativas de empregos atuais 

Essa linha de crédito começou a valer a partir de 2019, quando o Ministério da Economia anunciou duas novidades para os trabalhadores que têm contas no FGTS: o Saque Imediato, que permite sacar até R$ 500 de cada conta, e o Saque Aniversário, que permite sacar anualmente uma porcentagem do Fundo de Garantia. 

A linha de antecipação de crédito do saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), por enquanto, só é oferecida aos clientes pelos bancos públicos – Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil (BB). Os privados – Itaú, Santander e Bradesco – ainda não entraram nesse novo negócio.

Com o saque-aniversário, quem tem carteira de trabalho assinada pode fazer resgates de seu dinheiro disponível no FGTS sem a necessidade de esperar pela aposentadoria ou uma eventual demissão.

Segundo a Caixa, a expectativa é de que 1 milhão de pessoas sejam beneficiadas com essa linha de crédito, que deve emprestar cerca de R $5 bilhões para os brasileiros. 

Mas é importante que fique claro que o saque aniversário não é todo o saldo da conta, mas de um percentual, que varia conforme o valor disponível no FGTS. Contas com até R $500 terão 50% do saldo liberado para saque. 

Quanto maior o valor na conta, menor o percentual que o trabalhador poderá sacar ao ano. Além disso, o saque-aniversário não é obrigatório. A migração para o saque-aniversário é opcional e deve ser informada à Caixa.

O prazo para aderir ao saque-aniversário e ter acesso a parte do saldo depositado nas contas neste ano termina sempre no último dia do mês de nascimento do trabalhador. 

O saque fica disponível por três meses, a partir do primeiro dia útil do mês de aniversário do trabalhador. Por exemplo, quem nasceu em junho pode sacar de terça-feira (1º dia útil de junho) até 31 de agosto (último dia útil do mês). 

Vale ressaltar que a data do crédito do último ano não pode ultrapassar o limite de 999 dias a contar da contratação e o trabalhador que aderir a essa modalidade, têm até três anos para fazer o pagamento do recurso para crédito no valor mínimo de R$2 mil e a taxa de juros é de 0,99% ao mês. 

Se você sempre quis saber como fazer empréstimo do saque-aniversário, este artigo vai ajudar a solucionar diversas dúvidas sobre esta linha de crédito, quem tem direito, como contratá-la e suas vantagens. Confira!

moeda de um real em pé em uma superfície irregular

O que é o empréstimo do saque-aniversário?

Se você quer entender como fazer empréstimo do saque-aniversário, o primeiro passo é entender o que é essa modalidade e como ela pode ajudar você em sua situação atual.

O saque-aniversário é oferecido pelo FGTS, desde de 2020. Nesta linha de crédito, o trabalhador com carteira assinada pode sacar parcialmente o valor que possui no fundo. Estes saques podem ser realizados uma vez ao ano, no mês de aniversário.

A diferença principal é que, na versão tradicional do saque do FGTS, o saldo fica disponível apenas em caso de demissão sem justa causa ou no momento da aposentadoria.

Quando a pessoa decide retirar o dinheiro do FGTS pelo saque-aniversário, ela perde o direito de sacar o valor total caso seja demitida sem justa causa. De qualquer forma, ela ainda recebe da empresa para a qual trabalhou o valor de 40% referente à multa rescisória.

Os saques podem ser realizados a partir de contas do FGTS inativas (aqueles de empregos anteriores) e a conta ativa (do emprego do atual registro em carteira de trabalho).

Vale lembrar que o saque-aniversário não é referente ao valor total da sua conta do FGTS, mas sim de um percentual, de acordo com o total disponível. Quanto maior o valor integral disponível na conta, menor será o percentual para saque anual.

Quem pode contratar o saque-aniversário?

Como fazer o empréstimo do saque-aniversário está disponível apenas pelo FGTS, quem pode aproveitar esta opção são os trabalhadores que possuem registro na carteira. Além disso, eles também devem ter dinheiro na conta do FGTS.

O saque-aniversário não está disponível para quem não cumpre nenhum desses dois requisitos.

Vantagens e desvantagens ao escolher o saque-aniversário

Como qualquer trabalhador com conta no FGTS pode fazer o saque, há pessoas com diferentes situações financeiras com direito a este dinheiro. E a melhor forma de usá-lo – guardar, investir ou quitar dívidas – depende do contexto de cada um.

Se por um lado, pode ser bom ter um dinheiro a mais para quitar ou renegociar dívidas – tudo de acordo com suas prioridades financeiras, por outro, quem escolher o saque-aniversário perde a possibilidade de sacar o valor integral do fundo se for demitido.

O que permanece igual é o acesso à multa rescisória de 40% sobre o valor depositado pelo empregador em caso de desligamento sem justa causa, além da possibilidade de saque para compra da casa própria, aposentadoria ou doença grave.

Por isso, é importante considerar a possibilidade de uma demissão sem justa causa, e como você arcaria com suas despesas neste caso. Já existe uma reserva financeira para uma situação como essa? Caso contrário, essa pode não ser uma boa opção. Afinal, é importante garantir que, em caso de demissão, você tenha uma renda ou reserva para conseguir arcar com suas despesas.

Em contrapartida, se você faz parte do percentual de famílias endividadas que atingiu um recorde histórico de 67,1% em junho, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, realizada pela Confederação Nacional do Comércio (CNC), o número mais alto desde janeiro de 2010, o FGTS deve, sim, ser usado para quitar suas dívidas – ou, ao menos, parte delas. 

Dívidas têm juros, o que significa que ficam mais caras a cada dia. Usar esse dinheiro para eliminá-las faz com que você se livre de um efeito bola de neve. De acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), 15,9% dos débitos estão entre R$500,00 e R$2.500,00. Ou seja: para mais de 46 milhões de pessoas, o valor liberado para saque do FGTS pode cobrir todas as dívidas ou boa parte delas.

Caso você queira optar pelo saque-aniversário, confira o calendário do saque a seguir:

Calendário do saque-aniversário de 2021

Mês do aniversárioInício do saqueFim do saque
Janeiro4 de janeiro de 202131 de março de 2021
Fevereiro1º de fevereiro de 202130 de abril de 2021
Março1º de março de 202131 de maio de 2021
Abril1º de abril de 202130 de junho de 2021
Maio3 de maio de 202130 de julho de 2021
Junho1º de junho de 202131 de agosto de 2021
Julho1º de julho de 202130 de setembro de 2021
Agosto2 de agosto de 202131 de outubro de 2021
Setembro1º de setembro de 202130 de novembro de 2021
Outubro1º de outubro de 202131 de dezembro de 2021
Novembro1º de novembro de 202131 de janeiro de 2022
Dezembro1º de dezembro de 202128 de fevereiro de 2022

Como contratar este tipo de empréstimo?

Entender como fazer o empréstimo do saque-aniversário é fundamental para quem está avaliando essa opção para quitar alguma dívida, por exemplo. Alguns pontos são importantes para entender este tipo de contratação. A data de crédito do último ano deve ser inferior ao limite de 999 dias, contados a partir da data de contratação do trabalhador.

Além disso, o trabalhador tem até três anos para fazer o pagamento do recurso – o valor mínimo é de R$2 mil e com uma taxa de juros de 0,99% ao mês.

Quem quiser optar pelo saque-aniversário deve fazer a adesão pelo aplicativo do FGTS ou pelo site fgts.caixa.gov.br. Lá você clica em “Meu FGTS”, em seguida acesse a aba “Saque-Aniversário”. Você deve então ler e concordar com os termos e condições e clicar em “Aderir ao saque aniversário”.

O Banco do Brasil é outra instituição financeira que oferece a antecipação do saque aniversário. Cada trabalhador pode fazer o empréstimo de até três pagamentos. Porém, a contratação do crédito ocorre de forma individualizada. O pedido pode ser feito no aplicativo do banco. Veja abaixo como:

  • Clique em “Empréstimos”;
  • Em seguida em “Antecipe seus créditos”;
  • Selecione a opção ”CDC FGTS Saque Aniversário”;
  • Informe o valor da parcela que deseja antecipar;
  • Selecione o ano de vencimento correspondente;
  • Confirme o valor a adiantar;
  • Confira as condições e confirme a proposta.

pessoa digitando números em um caixa eletrônico

Qual é o valor do saque?

O cálculo para o saque-aniversário tem como base o saldo que o trabalhador tem em seu FGTS. De acordo com este valor, é possível retirar uma porcentagem total e uma parcela adicional fixa.

Os valores podem mudar no segundo ano, já que o valor total pode ser menor ou maior. O valor fica disponível a partir do mês do aniversário, por um total de três meses. Caso o saque não seja realizado neste período, o valor retorna ao FGTS.

Por exemplo: um trabalhador que tem R$1.500 disponíveis na conta do FGTS poderá sacar 30% do valor (R$450), além de uma parcela adicional de R$150. O valor total do saque-aniversário será de R$600.

Confira a tabela das faixas salariais, disponibilizada pela Caixa Econômica Federal, para saber mais sobre como fazer o empréstimo do saque-aniversário:

Valor do saldo (em R$)% do saldo que pode ser sacadoParcela adicional fixaSaque total no piso da faixaSaque total no topo da faixa
Até R$ 50050%R$ 0R$ 250
De R$ 500,01 a R$ 1.00040%R$ 50R$ 250R$ 450
De R$ 1.000,01 a R$ 5.00030%R$ 150R$ 450R$ 1.650
De R$ 5.000,01 a R$ 10.00020%R$ 650R$ 1.650R$ 2.650
De R$ 10.000,01 a R$ 15.00015%R$ 1.150R$ 2.650R$ 3.400
De R$ 15.000,01 a R$ 20.00010%R$ 1.900R$ 3.400R$ 3.900
Acima de R$ 20.000,015%R$ 2.900R$ 3.900Ilimitado

Onde e como fazer o empréstimo do saque-aniversário?

Agora que você já sabe mais sobre como fazer o empréstimo do saque-aniversário, falta aprender como concluir a ação.

A pessoa interessada em realizar o saque deve ser maior de 18 anos e estar com o CPF regularizado na Receita Federal. 

O saque-aniversário pode ser solicitado pelo aplicativo para celular do FGTS, pelo site do FGTS, no internet banking da Caixa Econômica Federal ou em qualquer agência física da Caixa.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *