Empréstimo x Consórcio: o que é melhor? Entenda a diferença

Larissa Carvalho

| 3 minutos para ler

emprestimo x consorcio

Continua depois da publicidade

Está pensando em comprar um carro ou um imóvel? Já sabe como vai pagar? Na briga empréstimo x consórcio, quem será que leva a melhor na hora de adquirir um bem?

Com tantas opções de acesso a crédito, é bem comum chegar a hora de comprar um bem e não saber qual a melhor opção. Entre empréstimo e consórcio, por exemplo, você sabe qual a melhor escolha para você?

Pois é sobre isso que vamos falar! Acompanhe para sanar as suas dúvidas!

Leia também: Fazer um consórcio de carros realmente vale a pena?

Empréstimo x Consórcio: o que é melhor?

Antes de mais nada, é importante entender como funciona cada uma dessas modalidades de crédito.

Empréstimo

Empréstimo é quando você toma uma quantia emprestada de um banco ou instituição financeira e, na hora de devolver o dinheiro, você paga uma taxa de juros. No empréstimo você não precisa justificar para qual finalidade você vai utilizar o dinheiro.

O pagamento do empréstimo normalmente é feito de maneira parcelada e, além das taxas de juros, existem outros encargos a depender da instituição onde você toma o crédito, bem como a modalidade de empréstimo.

Existem empréstimos de diversos tipos: com ou sem garantia, consignado, entre outros. Também é possível pegar empréstimo sem comprovação de renda ou quando está com o nome negativado, mas nesses casos, a instituição financeira costuma cobrar juros muito mais altos.

No caso do empréstimo para comprar um bem como apartamento ou carro, você tem a vantagem de poder pagar o valor à vista ou dar uma boa entrada com o dinheiro emprestado e, quem sabe, conseguir um bom desconto.

Esse desconto, inclusive, pode compensar boa parte dos juros cobrados no parcelamento da dívida.

Consórcio

Já o consórcio é uma linha de crédito bem diferente do empréstimo. Isso porque ele é feito em conjunto com outras pessoas. Criado na década de 60 por um grupo de bancários que não estavam conseguindo crédito para comprar automóveis, o consórcio já fez muito sucesso no Brasil.

O consórcio funciona da seguinte maneira: um grupo de pessoas ou empresas se reúne para comprar um bem com um valor específico. Todos os meses os membros desse grupo pagam uma mensalidade que deve durar por um período pré-determinado.

Quem gerencia esse crédito é a administradora do consórcio que, todos os meses realiza um sorteio nas assembleias gerais onde um participante do grupo é sorteado para receber a carta de crédito referente ao valor do bem.

As parcelas que os membros do grupo pagam vão para um fundo comum que serve para pagar quem foi contemplado no sorteio.

Aliás, todo ano o valor da carta de crédito sofre reajuste para que não haja desvalorização, e isso reflete também nas parcelas mensais do consórcio.

Os participantes que não quiserem esperar tirar a sorte grande em um sorteio e tiverem um valor considerável, podem dar um lance, ou seja, podem pagar parcelas adiantadas. Se o lance for o maior de todos naquela rodada, o participante recebe a carta de crédito para comprar o bem.

Quem tem consórcio precisa estar sempre em dia com as parcelas ou então não poderá participar dos sorteios ou lances.

Existem consórcios dos mais diversos tipos: automóvel, imóvel, viagem, cirurgia plástica, festa, reforma da casa, entre outros.

Qual a diferença entre financiamento consórcio e empréstimo?

Existem algumas diferenças importantes na briga empréstimo x consórcio.

O empréstimo normalmente é feito de maneira mais rápida, prática e facilitada. Dependendo da instituição financeira, você consegue o dinheiro no mesmo dia que solicitou. Assim, se você tem pressa em adquirir o bem, pode comprá-lo em poucos dias.

Já quem escolhe o consórcio precisa ter bastante paciência pois pode ser sorteado apenas no final do pagamento das prestações. Isso faz com que o consórcio acabe sendo mais um planejamento, uma compra no longo prazo.

No entanto, o consórcio é uma modalidade de crédito sem juros pois tem somente uma taxa administrativa de prestação de serviço. Essa taxa normalmente é cerca de 20% do valor do bem, mas que se diluem nas parcelas.

Quem desistir do consórcio precisa pagar uma multa que pode variar entre 10% a 30% do que já pagou.

Outra diferença é que o consórcio exige um seguro de vida que cubra morte e invalidez. Afinal, como a compra é feita em conjunto com outras pessoas, é necessário que exista uma maneira de não prejudicar os outros participantes caso aconteça alguma coisa com um dos membros.

Leia também: Consórcio ou financiamento, qual é o melhor para você agora

Se você ainda não se decidiu entre empréstimo x consórcio, saiba que você tem ótimas opções de crédito aqui no Bom Pra Crédito!

Aqui você encontra crédito online fácil e seguro, tudo em um só lugar e com taxas de juros que cabem no seu bolso.

Venha conhecer nossas opções de empréstimo pessoal, empréstimo com garantia, consignado e para Microempreendedores. Faça agora uma simulação!

E saiba de tudo que envolve o mundo das finanças acompanhando sempre o nosso blog!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *