Empréstimo para quitar dívidas: por que ele é uma alternativa

Larissa Carvalho

| 5 minutos para ler

Um casal está no chão com vários papéis espalhados ao redor deles. Um deles leva a mão à cabeça e o olhar para baixo.

Continua depois da publicidade

Antes de bater o martelo, é preciso avaliar muito bem essa opção

O endividamento no Brasil está batendo recorde atrás de recorde. De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), 69,7% das famílias brasileiras encerraram o primeiro semestre de 2021 com dívidas.

Se você faz parte deste grupo dos quase 70% de brasileiros endividados, deve estar se perguntando o que fazer para quitar seus débitos de uma vez por todas. O problema é para fazer muita gente perder a cabeça, mas saiba que existe uma solução!

Dependendo das suas condições atuais, um empréstimo para quitar dívidas pode ser uma alternativa mais financeiramente saudável, segura e planejada para o seu problema.

Mas… fazer uma dívida para pagar outra dívida está certo? Na primeira impressão, pode parecer uma ideia incomum. Porém, essa é uma estratégia bastante popular e, se feita com um bom planejamento, pode ser a solução definitiva para quem está afogado em dívidas.

Neste artigo vamos mostrar como conseguir, em quais situações este tipo de técnica é mais vantajosa e dicas para facilitar a negociação do seu pedido de empréstimo. Confira!

Quando vale a pena contratar um empréstimo para quitar dívidas?

Mãos segurando uma carteira de couro vazia

Não é em qualquer situação que a contratação de um empréstimo será a melhor alternativa para a quitação de dívidas. Tudo isso depende do tipo e do tamanho da sua dívida, além de possíveis vantagens que o empréstimo possa ter sobre o débito em questão.

Lembre-se que o seu perfil de pagador e as suas condições de pagamento fazem toda a diferença no resultado final da proposta de empréstimo. Separamos algumas situações em que ele pode ser a melhor opção. 

Para fugir do rotativo do cartão de crédito

O cartão de crédito pode ser um grande aliado das suas finanças – até o momento em que você entra no crédito rotativo e sua vida se transforma em uma grande bola de neve.

Isso acontece porque os juros são considerados uns dos mais caros do mercado, podendo girar em torno de 300% ao ano! A alta taxa inviabiliza o pagamento – tanto é que, na pesquisa do CNC, o cartão de crédito é apontado como a principal dívida das famílias brasileiras, correspondendo a 81,8% do total.

Leia também: Medo de fazer empréstimo? Veja como ele pode melhorar a sua vida

Um empréstimo pessoal possui taxas de juros muito mais baixas e, por isso, facilita a quitação dos débitos de uma maneira mais controlada, planejada e que caiba no seu orçamento.

Para limpar seu nome

Estar com o nome sujo implica em uma série de problemas. Se seu nome está negativado, fica muito mais difícil ter acesso a linhas de crédito que permitam que você compre seu próprio imóvel, adquira ou troque de carro ou consiga capital para abrir seu tão sonhado negócio próprio.

Se você precisa limpar seu nome no SPC ou Serasa com rapidez, contratar um empréstimo pode ser uma boa saída. Como este tipo de operação não é classificada como uma dívida, você pode quitar o valor negativo, fazer o processo de limpeza de nome e pagar as parcelas do empréstimo conforme acordado com a instituição contratada.

Para conseguir descontos no pagamento à vista

Você sabia que há casos em que é possível negociar uma redução de até 90% no valor da sua dívida? Isso é o que acontece no Feirão Limpa Nome, do Serasa. Claro, cada caso é avaliado individualmente, mas é uma condição muito interessante.

Se os juros de um empréstimo pessoal forem menores do que o desconto do pagamento da 

dívida à vista, que tal considerar esta opção? 

Dicas para pedir empréstimo com as melhores condições

Antes de pedir um empréstimo para quitar dívidas, você deve estudar um pouco e se munir de informações. Isso vai te dar mais segurança para negociar as melhores condições com a instituição financeira. Confira 5 dicas:

  1. Conheça seus direitos

Devedor também tem direitos, sabia? As instituições financeiras têm obrigação, por lei, de disponibilizar o contrato de operações de crédito. Sem isso, podem ser multadas. 

O Código de Defesa do Consumidor traz todos os direitos do cliente e deve ser respeitado em qualquer situação. Na Seção V (Da Cobrança de Dívidas), o CDC diz que:

  • Art. 42. Na cobrança de débitos, o consumidor inadimplente não será exposto a ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça.

Parágrafo único. O consumidor cobrado em quantia indevida tem direito à repetição do indébito, por valor igual ao dobro do que pagou em excesso, acrescido de correção monetária e juros legais, salvo hipótese de engano justificável.

  • Art. 42-A.  Em todos os documentos de cobrança de débitos apresentados ao consumidor, deverão constar o nome, o endereço e o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas – CPF ou no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ do fornecedor do produto ou serviço correspondente.     
  1. Fique de olho na taxa de juros

A instituição financeira deve fornecer informações completas sobre as taxas de juros e os encargos cobrados no empréstimo. Essas informações são essenciais para analisar as vantagens daquela oportunidade.

  1. Atenção ao valor de parcela 

O primeiro passo para não entrar em uma fria na hora de contratar um empréstimo é garantir que você tenha condições de pagar o valor da parcela. Afinal, de nada adianta quitar uma dívida se você vai começar outra que não terá como honrar.

  1. Nunca negocie suas dívidas por telefone

Existem escritórios de cobrança que pressionam e obrigam o cliente a confessar suas dívidas por telefone, usando a gravação da conversa para cobrar juros astronômicos. Além disso, as chances de cair em um golpe por ligação telefônica são grandes. 

Leia também: Golpes de empréstimo pela internet: não caia

  1. Tenha uma proposta coerente em mãos

Estude sua situação, faça as contas e monte uma proposta que faça sentido dentro da sua realidade e das suas necessidades, com parcelas que você consiga pagar todos os meses e taxas de juros que não façam com que você se endivide novamente. Use seu poder de barganha para negociar.

Como conseguir um empréstimo para pagar dívidas?

Dois homens estão apontando para um computador e sorrindo

O Bom Pra Crédito oferece um marketplace com mais de 30 instituições financeiras parceiras com soluções de crédito. Solicitar um empréstimo no Bom Pra Crédito é fácil, rápido, sem burocracia e 100% online. 

Basta se cadastrar no site para fazer a simulação de crédito. Em apenas 5 minutos, você receberá as ofertas. As instituições farão a análise do seu perfil e do empréstimo solicitado. 

Caso seja aprovado, a liberação acontece rapidamente e o dinheiro cai na sua conta 48 horas após a aprovação! Acompanhe nosso blog e saiba tudo sobre as principais novidades do universo financeiro!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *