Quais são os investimentos seguros e rentáveis? Descubra aqui!

Fabiana Veloso Vizoni

| 4 minutos para ler

investimentos seguros

Continua depois da publicidade

Sobrou um dinheirinho no final do mês, o que vamos fazer? Colocar na poupança? Não necessariamente! Você sabia que existem diversos investimentos seguros além da famosa caderneta?

Que existem investimentos mais rentáveis que a poupança, todo mundo sabe. Agora, que tem investimento tão seguro quanto e que ainda rende mais, você já sabia?

Se sabia, ótimo! 👍 Se não sabia, acompanhe, porque a gente vai ter dar algumas dicas agora de onde investir com segurança, mas com rentabilidade!

Leia também: Tipos de investimentos: conheça as opções e descubra o ideal para você

6 Investimentos seguros e rentáveis

Nós até já falamos aqui no blog sobre o aumento da taxa Selic e a melhora na rentabilidade da poupança. No entanto, existem outros investimentos que, mesmo com incidência de impostos, como o Imposto de Renda, ainda assim conseguem ter um rendimento melhor que a caderneta.

Mas afinal, o que são investimentos seguros? Acreditamos que segurança tem a ver principalmente com não perder seu dinheiro. Entretanto, ter acesso fácil a ele também é uma maneira de se ter segurança.

Sendo assim, vamos te dar alguns exemplos de bons investimentos que também são maneiras seguras de fazer seu dinheiro render.

1. CDB

O CDB, ou Certificado de Depósito Bancário é um dos exemplos de investimento seguro e rentável.

Ele é uma aplicação financeira de renda fixa, baixa complexidade e ainda por cima garantido pelo FGC, o Fundo Garantidor de Crédito, que garante até R$ 250 mil por CPF em caso de falência da instituição financeira.

O CDB nada mais é do que um empréstimo ao próprio banco que, por sua vez, empresta para outras pessoas. No final de um período pré-determinado, o investidor recebe seu dinheiro de volta acrescido de correção e descontado do Imposto de Renda.

Por conta disso, para fazer uma boa escolha pelo CDB é necessário pesquisar as taxas que os bancos oferecem.

2. Crowdfunding

Nós falamos do Crowdfunding aqui no blog. É o chamado financiamento coletivo, onde um grupo de pessoas se reúne para investir em projetos de alta performance, podendo se tornar sócios das empresas.

Existem financiamentos para energia renovável, empresas em crescimento, agronegócio e outros muitos setores.

São chamados investimentos alternativos, com alta rentabilidade e segurança, desde que sejam feitos de maneira fiscalizada em plataformas autorizadas pela Comissão de Valores Mobiliários, a CVM.

3. LC

LC ou Letras de Câmbio também é um investimento em renda fixa, normalmente disponibilizado pelas instituições financeiras.

Assim como o CDB, o investidor adquire uma LC e depois de um período recebe o dinheiro de volta corrigido. Esse dinheiro, as instituições usam para realizarem suas operações.

A LC é garantida pelo FGC e também sofre desconto do Imposto de Renda.

4. LCA

LCA ou Letras de Crédito do Agronegócio é uma aplicação financeira onde o dinheiro investido vai para o setor do agronegócio.

Por ser um investimento que influencia no desenvolvimento do país, a LCA é isenta de Imposto de Renda, além de ser garantida pelo FGC.

5. LCI

Mais um investimento seguro, o LCI ou Letras de Crédito Imobiliário, funciona da mesma maneira que o LCA. No entanto, o dinheiro investido vai para o mercado imobiliário.

Também é garantido pelo FGC e isento de Imposto de Renda.

6. Tesouro Direto

O investimento no Tesouro Direto é como se fosse um empréstimo também, assim como os demais. No entanto, ao invés de emprestar ao banco, você empresta para o Governo Federal.

Lançado em 2002 como uma parceria entre a Bolsa de Valores, a B3, e o Tesouro Nacional, todo dinheiro investido vai para obras de infraestrutura e diversas outras ações do governo. Assim, o investidor recebe o dinheiro de volta, em uma data pré-definida, corrigido com juros.

O objetivo do Tesouro Direto é democratizar o acesso aos títulos públicos para pessoas físicas e aceita investimentos a partir de R$ 30.

Por ser um empréstimo do governo, é considerado um investimento seguro, sendo praticamente impossível de não ser honrado, mesmo em tempos de crise econômica no país. Porém, não possuem garantia do FGC.

Qual é o melhor investimento seguro?

Muitos especialistas apontam o Tesouro Direto como o investimento mais seguro. Isso porque, como mencionamos, são títulos públicos, sendo administrados pelo Governo Federal. Afinal, considera-se pequena a chance de o governo quebrar (pelo menos a chance é bem menor que um banco, por exemplo).

No entanto, para saber escolher o melhor, ele tem que ser o melhor para você. Isso porque existem diversas opções de investimentos seguros que são mais rentáveis, mas têm menos liquidez. Ou seja, você não consegue resgatar imediatamente o dinheiro, precisando ficar até o final do período para não perder uma parte.

Inclusive, existem muitos investimentos como o próprio Tesouro Direto, por exemplo, que são programados para resgate em 5 anos. Ou seja, se você tira o dinheiro antes disso você acaba perdendo ao invés de ganhar.

Investimentos seguros e os juros compostos

Além disso, os investimentos rendem com os chamados juros compostos.

Isso quer dizer que, a cada mês que passa, os juros incidem no valor de maneira acumulada. Ou seja, se hoje você tem R$ 1.000 e o investimento rende 1% ao mês, mês que vem você terá R$ 1.010, certo? Só que com os juros sobre juros, no segundo mês você terá R$ 1.010 + 1%, ou seja: R$ 1.020,10 (e não R$ 1.020 se fossem juros simples).

Pode até parecer pouco nesse exemplo, mas com valores maiores e no longo prazo, os juros compostos fazem muita diferença! Sendo assim, quanto mais tempo você puder deixar na aplicação, mais dinheiro terá.

Portanto, você precisa sempre levar em consideração esses fatores para decidir qual investimento fazer.

Leia também: Carteira de investimento: Veja como montar uma de acordo com seus objetivos

Você sabia que também pode fazer investimentos no Bom Pra Crédito? Confira todas as opções que temos para você e diversifique sua carteira!

E continue aqui no blog que sempre temos dicas que vão fazer você crescer no mundo das finanças! 🥰

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *