Saiba tudo sobre empréstimos para Micro e Pequenas Empresas

Larissa Carvalho

| 3 minutos para ler

emprestimo micro e pequenas empresas

Continua depois da publicidade

Como anda a saúde financeira do seu negócio? Com a reta final da pandemia, você acha que está se recuperando? Será que seria essa a hora de pegar um empréstimo para Micro e Pequenas Empresas?

Pois saiba que, muitas vezes, a solicitação de crédito é aquele empurrãozinho que sua empresa está precisando para dar a volta por cima nessa fase tão difícil da economia.

Então, se você é micro ou pequeno empreendedor e não sabe se esse é o momento de solicitar um empréstimo, pode deixar que a gente te ajuda a descobrir. Acompanhe!

Leia também: Minha empresa está com problemas financeiros, o que devo fazer? Dúvida dos micro e pequenos empreendedores

Empréstimo Micro e Pequenas Empresas: como saber quando é necessário?

Existem algumas situações em que o empréstimo pode ser uma boa solução para sanar os problemas da empresa.

Quitar dívidas

Primeiramente, se ela possui dívidas. Afinal, se ainda estamos iniciando a retomada da economia, dificilmente sua empresa conseguirá faturar o suficiente para quitar dívidas que já estão vencidas.

Além disso, se com um empréstimo, você pega o valor total para pagar suas contas, é muito provável que consiga uma boa negociação, com menos taxas e juros. Ou ainda, consiga retirar todos os encargos e pagar somente o que realmente deve.

Sendo assim, o empréstimo pode ser uma boa e rápida solução.

Capital de giro

Outro motivo para solicitar um empréstimo é se você precisa urgente de capital de giro. Afinal, ter dinheiro na mão pode melhorar e muito suas negociações na hora de adquirir matéria prima para seu produto ou negociar aquele serviço terceirizado.

Assim, esse também é um bom motivo pelos quais Micro e Pequenas Empresas tomam um empréstimo.

Necessidade de expansão

Um terceiro e importante motivo é quando sua empresa tem uma real necessidade de expansão mas você não possui o capital para isso. Uma obra ou uma reforma no seu estabelecimento para aumentar a capacidade, ou ainda a compra de um equipamento, são alguns exemplos.

No entanto, avalie bem se esse investimento é realmente necessário, ou seja, se você já possui essa demanda de aumento. Caso contrário, pode ser que o empréstimo seja um péssimo negócio.

Boa capacidade de endividamento

Pode parecer um termo estranho, mas a capacidade de endividamento, nesse caso, é quando uma empresa sabe que terá condições de arcar com as prestações do empréstimo tomado.

Ou seja, se você já fez uma profunda análise sobre quanto você fatura, quanto gasta, quanto de dinheiro precisa e todas as previsões futuras, você tem a capacidade de decidir se tem ou não condições de arcar com um empréstimo.

Tipos comuns de empréstimo para Micro e Pequenas Empresas

Quem se enquadra nessas categorias de negócios, tem algumas opções quando se trata de pedir empréstimo:

Cheque especial

Apesar de ter uma das taxas de juros mais altas do mercado, o cheque especial ainda é muito utilizado por empresas bem como pessoas físicas.

Não é o tipo de crédito que é normalmente planejado, e acaba fazendo parte da rotina financeira por falta de controle no orçamento.

Mas se essa é uma medida que você acha cômoda para sua empresa, pode tentar negociar com a instituição financeira onde possui a conta para tentar reduzir as taxas e encargos que caem sobre esse tipo de empréstimo.

Conta garantida

A conta garantida é como se fosse um crédito rotativo, ou seja, a instituição financeira mantém um valor em conta acordado previamente em contrato, justamente para quando a empresa precisar de fluxo de caixa.

Muitas vezes as empresas utilizam a antecipação de recebíveis, assim, retiram um dinheiro que já iriam receber em um prazo mais a frente, acrescido de encargos.

Esse tipo de crédito precisa de duplicatas como garantia e, por conta disso, acaba tendo taxas de juros mais baixas.

Empréstimo com garantia

Assim como no empréstimo com garantia para pessoa física, quem tem uma Micro ou Pequena Empresa também pode solicitar esse tipo de crédito.

Para isso, basta oferecer os mesmos bens tais como: imóvel ou veículo como garantia na hora de solicitar o empréstimo.

Da mesma forma, é um tipo de empréstimo que possui juros menores, pelo menor risco de inadimplência devido à garantia.

Microcrédito

Essa linha de crédito foi pensada justamente nos pequenos negócios, tanto para quem já tem um quanto para quem deseja abrir.

O microcrédito costuma ter taxas de juros mais baixas e prazos maiores, considerando a realidade financeira de quem toma o crédito.

Como fazer empréstimo para Micro e Pequenas Empresas?

Em primeiro lugar, você precisa juntar toda a documentação necessária para solicitar o empréstimo. Normalmente são pedidos os seguintes documentos:

  • Contrato social;
  • Balanço patrimonial;
  • Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica;
  • Demonstrativo de Resultados do Exercício.

Com essa documentação em mãos, pesquise qual a linha de crédito que mais se adequa às necessidades da sua empresa e solicite seu empréstimo.

Você pode privilegiar empréstimos que tenham prazo de carência para começar a pagar as parcelas, bem como aqueles que têm menores taxas de juros ou maior número de parcelas.

E não esqueça de sempre avaliar o Custo Efetivo Total do empréstimo antes de tomar sua decisão.

Leia também: Saiba tudo sobre empréstimo para pequenas empresas

No Bom Pra Crédito você tem acesso a diversas modalidades de empresa, tanto para pessoa física quanto para jurídica.

Faça agora uma simulação, é rápida, fácil e sem burocracia!

E fique aqui no blog para mais dicas como essa!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *