7 dicas valiosas para evitar problemas financeiros

Larissa Carvalho

| 3 minutos para ler

Continua depois da publicidade

A falta de informação atrelada ao tipo de relação com o dinheiro e a forma de organizar as despesas podem causar problemas financeiros. E uma vida com a saúde financeira abalada pode trazer consequências mais sérias em diversas outras áreas.

Dessa forma, para quem já possui dívidas ou está inadimplente, o foco é entender onde está o problema e fazer um planejamento que garanta o pagamento dessas despesas. 

Essa organização vai colaborar para uma vida com maior previsibilidade e tranquilidade no dia a dia. No entanto, para evitar problemas financeiros, é preciso considerar uma série de fatores.

Reunimos informações valiosas para quem busca uma vida financeira mais saudável!

Leia mais: Planejamento financeiro individual: passo a passo de como criar o seu

1 – Saber quanto entra e quanto sai

Controlar o orçamento e entender quais são os gastos fixos mensais é o primeiro passo para entender as possibilidades de gastos variáveis dentro do valor total recebido.

Contas que possuem recorrência devem sempre ser consideradas fixas. Isso inclui qualquer parcelamento de empréstimo até que seja totalmente quitado, aluguel, contas de água, luz, internet e celular. 

Ter claro o valor de entrada do mês é a melhor forma de adequar os custos gerais.

2 – Fazer um planejamento de curto, médio e longo prazo

Depois de entender o que entra e o que sai, é hora de planejar melhor os gastos. Ou seja, trazer mais detalhes para priorizar e buscar mais previsibilidade na vida.

O planejamento de curto prazo é aquele mensal, que mostra um panorama geral. Dessa forma, a pessoa pode acompanhar onde tem concentrado os maiores gastos. 

Assim, se a ideia do planejamento de médio prazo é começar a guardar dinheiro, por exemplo, é possível começar a cortar o que não é essencial.

O planejamento de longo prazo envolve planos maiores, ou seja, que possuem um grande valor. Como a compra de um imóvel, a realização de uma grande viagem ou até o financiamento de um automóvel.

3 – Não comprometa o salário antes de receber 

Os problemas financeiros mais comuns relacionados a falta de planejamento financeiro são as compras desenfreadas, pedidos de empréstimo que não cabem no bolso e o comprometimento total do salário.

Como resultado, o endividamento e até a inadimplência começam a fazer parte da vida, trazendo uma série de problemas financeiros.

Por isso, é importante não comprometer o salário antes de receber.

4 – Gastos menores do que ganhos

Se você quer saber como resolver problemas financeiros, pode aderir um hábito que ajuda muito a melhorar a saúde financeira: gastar menos do que se ganha. 

Sendo assim, ao invés de ocupar toda a verba mensal, a melhor opção é cortar despesas excedentes para que em caso de emergência seja possível recorrer ao que sobra mensalmente.

5 – Poupar para ter

Se os gastos são menores do que os ganhos, é possível criar uma reserva financeira. Claro que nem sempre é possível gastar menos. 

No entanto, ao invés de considerar guardar dinheiro como um “luxo”, comece a criar o hábito de colocar o valor que quer guardar como despesa fixa.

Dessa forma, o conhecido e importante “pé de meia” pode ser um grande aliado em momentos de aperto ou imprevistos, como o desemprego, despesas médicas e até sustos familiares, por exemplo. 

O hábito de guardar ou investir dinheiro é altamente recomendável para evitar problemas financeiros. Afinal, quem poupa, tem.

6 – Parar o consumo desenfreado

Parte do controle financeiro é avaliar a necessidade de comprar certos itens. Será que o consumo está desenfreado, e por isso não está conseguindo poupar nadinha?

Vivemos um momento em que o acesso às compras e ao crédito está muito fácil. No entanto, antes de efetuar uma compra, é importante questionar se aquilo é por necessidade ou por luxo. 

Afinal, o consumo desenfreado é um dos vilões da saúde financeira, e uma das principais causas dos problemas financeiros.

Claro que de tempos em tempos dar-se ao luxo de ter um momento de lazer ou de comprar algum item desejado está liberado. Mas é importante ter cuidado para que isso não se torne descontrolado e cause problemas financeiros mais sérios.

Leia também: A educação financeira está chegando nas escolas… o que o brasileiro vai ganhar com isso

7 – Estude sobre educação financeira

Muitas pessoas vivem problemas financeiros pelo simples fato de não saberem lidar com dinheiro. Famílias sem educação financeira não têm condições de educar alguém financeiramente. 

Como resultado, vemos pessoas altamente endividadas, com uma péssima saúde financeira e sérios problemas financeiros. Em alguns casos, enfrentando sérios problemas psicológicos por não conseguirem dar a volta por cima.

Sendo assim, para conquistar uma boa saúde financeira é importantíssimo buscar essa boa relação com o dinheiro por meio da educação financeira.

Estudar e ler sobre o tema, ver vídeos, falar com consultores e o mais importante: colocar em prática!

E aí, gostou das dicas para evitar problemas financeiros? Continue acompanhando o nosso blog para se manter bem informado.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *