Empréstimo em banco: saiba como escolher e contratar

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

emprestimo banco

Continua depois da publicidade

Com tantas opções no mercado fica até difícil saber como escolher um banco na hora de fazer um empréstimo. Será que vou no mais moderno mas que não tem muitos anos de atuação ou escolho o banco tradicional que já está consolidado no mercado?

Além disso, são muitos os produtos de crédito disponíveis, o que acaba também sendo um “problema” na hora de escolher. Afinal, como saber qual o melhor pra mim?

Se essas dúvidas surgem quando você pensa em empréstimo bancário, estamos aqui pra te ajudar! ?

Acompanhe e saiba tudo sobre esse assunto agora!

Leia também: Empréstimo pessoal x empréstimo consignado: entenda a diferença

O que é empréstimo em banco?

Empréstimo em banco é quando você solicita um dinheiro para uma instituição financeira por um determinado período de tempo, sendo que você não precisa justificar onde vai usá-lo. Ou seja, você pode pegar empréstimo para pagar dívidas, comprar uma casa, um carro, viajar, fazer uma cirurgia, o que você desejar ou precisar.

Após tomar esse crédito, você precisa devolver ao banco a quantia emprestada. No entanto, essa devolução é acrescida de encargos como taxas de juros, por exemplo.

Essas taxas podem variar de diversas maneiras, como pelo número de parcelas que você vai devolver o dinheiro, se o empréstimo possui algum tipo de garantia, entre outros.

O empréstimo pode ser feito tanto em banco quanto em outros tipos de instituições financeiras tais como cooperativas de crédito ou fintechs.

Tipos de empréstimo em banco

Existem diversas modalidades de empréstimo e escolher qual o melhor tipo para você varia de acordo com as suas necessidades como prazo de pagamento, valor das parcelas, taxas de juros, entre outros.

Sendo assim, você pode optar por um dos seguintes:

Empréstimo pessoal

Um dos mais comuns tipos de empréstimo, o pessoal normalmente é liberado rapidamente e não precisa de garantias para solicitá-lo.

No entanto, costumam ter taxas de juros mais altas, justamente por conta da praticidade e agilidade. Essas taxas, como já mencionamos, variam de acordo com a instituição, prazo e valor solicitado.

O mais comum é que pessoas que estão negativadas não consigam solicitar esse tipo de empréstimo, entretanto muitas instituições liberam o dinheiro mesmo para quem tem nome sujo na praça. Nesse caso, os juros acabam sendo ainda maiores.

Empréstimo com garantia

Diferentemente do empréstimo pessoal, esse tipo de crédito solicita uma garantia para liberar o dinheiro. Essa garantia pode ser de imóvel, automóvel, moto ou celular, dependendo do local e do valor solicitado.

Nesse tipo de empréstimo você deixa seu bem em alienação fiduciária, ou seja, ele passa a ser da instituição bancária até que você pague a dívida, mas pode continuar utilizando.

O empréstimo com garantia costuma ter taxas de juros menores que as do empréstimo pessoal, além de condições de pagamento diferenciadas, justamente por ter um risco bem menor de inadimplência já que o tomador não vai querer perder o bem para o banco.

Empréstimo consignado

Nós já falamos sobre empréstimo consignado aqui no blog. Ele é voltado para funcionários de empresas públicas e privadas, aposentados e pensionistas do INSS e militares das Forças Armadas.

O grande diferencial desse tipo de empréstimo é que as parcelas do pagamento da dívida são descontadas diretamente do salário ou benefício do tomador.

Esse tipo de cobrança acaba sendo uma espécie de garantia, o que faz com que o empréstimo consignado também seja uma modalidade com taxas de juros atrativas.

No empréstimo consignado também existe a chamada margem consignável, que é o limite de comprometimento do salário ou benefício com a dívida. Nesse caso, as parcelas não podem ser maiores que 30% dos vencimentos.

Como fazer um empréstimo em banco?

Para fazer um empréstimo tanto em bancos quanto nos outros locais que mencionamos, é necessário entrar em contato com a instituição e fazer uma simulação.

Você determina quanto precisa de dinheiro e assim o banco avalia se tem condições ou não de emprestar.

Para isso, algumas instituições financeiras solicitam uma série de documentos pessoais e de comprovação de renda. Outros, ainda pedem algum tipo de garantia para fazer o empréstimo.

Tudo isso varia de acordo com o local, o tipo de empréstimo e o valor. Alguns locais podem ter mais ou menos burocracia.

Empréstimo online

Hoje em dia existem diversas opções de empréstimo online onde você pode fazer a solicitação sem sair de casa e com menos burocracia. É assim no Bom Pra Crédito.

Aqui você tem mais de 30 instituições financeiras que podem lhe oferecer as melhores taxas e prazos que se adequam às suas necessidades de crédito.

Basta fazer um cadastro que dura menos de 5 minutos e você já recebe uma ou mais propostas para você comparar e contratar a que cabe no seu bolso.

Simule agora e seja mais um dos mais de 9 milhões de usuários do Bom pra Crédito!

Como escolher e onde fazer empréstimo?

Para saber que tipo de empréstimo escolher, defina primeiro para que você pretende usar o dinheiro. Assim, você pode já determinar o valor total que você precisa e outras informações, como o número de parcelas e quanto você consegue pagar mensalmente.

Avalie também a empresa que você vai fazer o empréstimo. Nós mencionamos lá no início sobre tomar a decisão em pegar o dinheiro emprestado em um desses novos bancos online ou em alguma instituição financeira mais tradicional.

Em primeiro lugar, pesquise bem sobre a instituição e sua idoneidade. Assim, você evita sofrer algum tipo de golpe.

Avalie também as condições do empréstimo, como as taxas de juros ou o prazo de pagamento das parcelas.

É claro que você não vai pedir dinheiro emprestado em um banco que você nunca ouviu falar! Mas também saiba que essas novas fintechs oferecem muitos produtos que valem a pena, com taxas mais acessíveis devido aos menores custos operacionais.

Leia também: App de empréstimo: conheça os melhores e saiba como fazer o seu

Quer saber mais sobre empréstimo e outras dicas de finanças? Fique por dentro aqui no nosso blog!

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. 4 dicas para quitar dívidas com juros altos pagando menos – Blog xMoney

    […] lembre-se, não adianta só diminuir o valor da parcela. Isso porque, provavelmente, seu empréstimo ou financiamento possui o chamado juro composto. Ou seja, quanto maior o número de parcelas, maior […]

    Responder